Atacado de Importados l Importadora

Temos diversos estoques de produtos exclusivos para revender, artigos de confecção, calçados, roupas, informática, papelaria, acessórios, alimentos, utensílios domésticos, bijuterias, lingeries, brinquedos, eletrodomésticos, eletrônicos, importados, artigos de cama, mesa e banho, para camelôs, sacoleiras e lojas grandes e pequenas.


E muito, mais muito mais mesmo! confira!

Trata-se de sobras de estoques de grandes fabricantes e lojistas sendo vendidas a preços inacreditáveis.




Tributos fazem de importados 'populares' artigos de luxo no Brasil.
Produtos chegam a ter valor triplicado quando vendidos no país.

Alta carga tributária é a grande responsável, dizem especialistas. Nem tudo o que vem de fora e é considerado artigo de luxo no Brasil tem o mesmo apelo nos seus países de origem, muito menos chegam a custar tanto. Considerada vilã dos produtos importados, a carga tributária brasileira é apontada pelos especialistas como uma das principais razões para que marcas tidas como populares no exterior sejam vistas como grifes no Brasil.

 "A carga tributária no Brasil é muito concentrada em produtos. Para todos os produtos produzidos e vendidos no país, há incidência de IPI, PIS, Cofins e ICMS, que tem o maior peso. Para os itens importados, há ainda o Imposto sobre Importação, que é a cereja do bolo", disse o professor e advogado tributarista, do escritório Sacha Calmon Misabel Derzi Consultores e Advogados, André Mendes Moreira.

 Devido à cobrança de impostos quando chega ao Brasil, um carro considerado popular no exterior, como o Smart, chega a custar mais de R$ 64 mil no mercado nacional. Nos Estados Unidos, por exemplo, o mesmo carro pode ser comprado por R$ 20 mil, praticamente um terço do preço.

 "Há diversos exemplos de carros que são vistos como se fossem de luxo. É o caso do Toyota Camry. Aqui ele é carro de luxo. Nos Estados Unidos, o modelo é acessível para uma família de classe média", comparou o especialista. Os preços do automóvel variam de R$ 50.478, no exterior, a R$ 131 mil no Brasil, conforme cálculos do escritório Sacha Calmon.

 Apesar de as diferenças de preços parecerem mais expressivas entre produtos de alto valor agregado, itens de consumo pessoal, como perfumes, maquiagens e relógios apresentam variações proporcionais. Enquanto um perfume Polo Ralph Lauren custa R$ 85,93 nos Estados Unidos, no Brasil ele pode ser encontrado por R$ 199. O mesmo acontece com sapatos e roupas.

 “Produtos importados têm seu valor acrescido de vários tributos que incidem sobre a importação e taxas aduaneiras. Além disso, há ainda os custos com intermediários aduaneiros e logística. Tudo isso sem contar com a parcela que é destinada ao lucro do próprio vendedor no Brasil. Resultado: produtos que, no exterior, são vendidos comumente em lojas de departamento, viram, literalmente, artigos de luxo quando importados e revendidos no Brasil”, disse a diretora do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), Letícia do Amaral.

Marketing do luxo

 Por custarem mais, quando chegam ao Brasil, o acesso a esses produtos não mantém o perfil da origem. Para a coordenadora do curso de Marketing de Produtos e Serviços de Luxo da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), Ellen Kiss, um dos exemplos mais emblemáticos é o da rede espanhola de lojas Zara.

 "Na Europa, as lojas da Zara são populares, porque têm preços populares. Já no Brasil não podemos dizer o mesmo. Não digo que ela veio com o intuito de fazer um reposicionamento da sua marca, como muitas fazem, mas, considerando os espaços em que as lojas estão instaladas e os preços que acabam sendo cobrados no país por conta dos impostos, a Zara não pode ser tida como popular", afirmou. O G1 procurou a rede para comentar o assunto, mas não obteve retorno.

 O aumento da classe média e do acesso ao crédito tem permitido que mais consumidores consigam comprar o que antes era restrito apenas aos bolsos da classe A. "Muitas empresas estão vindo para o Brasil também de olho nesse potencial. Elas veem com bons olhos o crescimento da economia brasileira", disse Luiz Goes, sócio sênior da GS&MD – Gouvêa de Souza.

 Aliado a essa visibilidade do país no exterior, outro fator contribui para que os produtos importados tenham cada vez mais saída no Brasil. Segundo Goes, empresas estrangeiras em expansão têm procurado mercados alternativos para escoar sua produção. Por manter o consumo interno aquecido, empresários procuram o Brasil e despertam o desejo dos consumidores por seus produtos.

 "O Brasil costuma ter um pouco daquela mentalidade de colônia, de que tudo o que vem de fora é melhor. É praticamente garantido que uma marca terá sucesso aqui por ser internacional. No entanto, para que ela se mantenha, é preciso ter qualidade. Não é porque é de marca e cara que ela se sustenta", disse a coordenadora da ESPM.

Mercado brasileiro

 O mercado de luxo brasileiro registrou faturamento de US$ 6,23 bilhões em 2009, um crescimento de 4% em relação ao ano anterior, conforme aponta pesquisa da MCF Consultoria & Conhecimento e GfK Brasil. Neste ano, o setor deverá registrar expansão de 22%, chegando à soma de US$ 7,59 bilhões.

 “A crise reduziu o valor do ticket médio, mas nada que gerasse uma preocupação exacerbada para os próximos anos – haverá um ciclo de crescimento vigoroso novamente. O consumidor demonstra o mesmo tipo de atitude positiva em relação ao consumo de luxo e, inclusive, em relação a sua percepção da atividade", disse Carlos Ferreirinha, presidente da consultoria.
Refurbished, Salvados, Tv, Lcd, Plasma e Led, Eletrônicos, Eletrodomésticos, Notebook, Alimentos, Animais, Armarinho, Arte, Artigos de Festas, Artigos para Bebês, Artigos Temáticos, Automotivos, Aviação, Bijuterias, Brinquedos, Cama, Mesa e Banho, Casa & Decoração, CDs & DVDs, Celulares, Cine e Foto, ConstruçãoEletrodomésticos, Eletrônicos, EmbalagensEsporte e Lazer, Ferramentas, Games, Higiene e Limpeza, Informática, Joias e Relógios, Livros & Revistas, Madeiras, Malas e Acessórios, Matéria Prima, Material Elétrico, Metais, Moda, MóveisÓculos, Papelaria, Peças, Máquinas e Equipamentos, Produtos até 1.99, Produtos Químicos, Refrigeração, Saúde e Beleza, Sucatas, Utilidades Domésticas, Relógios, Vestidos, Decoração, Salvados, Refurbished, Peças de Automóveis, Atacado dos Presentes,
Artigos de Viagem, Bebidas, Brinquedos, Comestíveis, Eletrônicos, Esporte e Lazer, Moda e Acessórios, Perfumaria, Relógios, Brinquedos, Roupas Femininas, Roupas para Revender, Eletrônicos, Importados, Liquidaexpress, Liquidation, Classificados, Eletrodomésticos, Moda, AtacadoLingerie, Liquida, Eletronicos, Perfumes Importados,
Atacado de Importados lImportadora, Atacadista de importados para Comprar Vender e Revender Barato. atacadista importados, atacado importados, importados, revender, atacado, atacado de importados, importadora, atacadista, comprar, vender, revender, revender no atacado, roupas, eletronicos, eletrodomesticos, perfumes,
© 2013 LiquidaExpress.com. Todos os direitos reservados.